Informação sobre rinite, causas, sintomas e tratamento da rinite alérgica sazonal ou perene, rinite infecciosa viral, bacteriana e outras


Rinite Alérgica

A rinite alérgica é uma das condições clínicas que ocorre com maior frequência na população, sendo considerada a doença crónica mais comum na infância. As manifestações de rinite alérgica apresentam intensidade variável entre os indivíduos afetados e também no mesmo indivíduo, dependendo do grau de exposição a alérgenos e outros fatores precipitantes. Embora não represente maior risco, a rinite alérgica merece atenção adequada pelas possibilidades de complicações e pelo evidente prejuízo à qualidade de vida do paciente.
O mecanismo da rinite alérgica envolve a formação de anticorpos IgE para alérgenos ambientais. O contato de antígenos com mastócitos já sensibilizados pela IgE provoca a ativação destas células e a liberação de mediadores farmacológicos, como histamina, fatores quimiotáticos, leucotrienos e citocinas, que modulam a inflamação local. A inflamação da mucosa nasal está associada à perpetuação da condição clínica. As medicações disponíveis para o tratamento da rinite podem proporcionar controle efetivo dos sintomas, assim como impedir o agravamento da condição clínica com grande margem de segurança.


Se você espirra muito, se seu nariz apresenta muitas escorrências  ou se permanece entupido, ou se muitas vezes sente coceira em seus olhos, boca ou pele, você pode ter rinite alérgica, uma condição que afeta 40 a 60 milhões de americanos.
A rinite alérgica, como as erupções cutâneas, as alergias e outras condições, desenvolve-se quando o sistema imunitário do corpo se torna sensível e reage de forma exageras perante algo que existe no ambiente e que normalmente não provoca qualquer problema na maioria das pessoas.
A rinite alérgica é vulgarmente conhecida como a febre dos fenos. Mas você não tem que ficar exposto ao feno para ter sintomas.

Formas diferentes de rinite alérgia

A rinite alérgica assume duas formas diferentes:
- Sazonais, em que os sintomas da rinite alérgica sazonal podem ocorrer na primavera, verão e início do outono, sendo geralmente causados por sensibilidade alérgica a esporos de fungos no ar ou pólens de grama, árvores e ervas daninhas.
- Perenes, em que as pessoas apresentam sintomas da rinite alérgica durante todo o ano, sendo geralmente causada por ácaros, pêlos de animais, baratas ou mofo. Alergias alimentares subjacentes ou oculta raramente causam sintomas nasais perenes.

Algumas pessoas podem experimentar os dois tipos de rinite, com os sintomas perenes a piorar durante épocas específicas do pólen. Existem ainda causas não-alérgicos para a rinite.


ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL