Informação sobre rinite, causas, sintomas e tratamento da rinite alérgica sazonal ou perene, rinite infecciosa viral, bacteriana e outras


Rinite infecciosa

As rinites infecciosas agudas formam o grupo mais comum entre todos os tipos de rinites. Estas, são classificadas de acordo com a etiologia em termos  virais ou bacterianoas. As formas crônicas são bem menos frequentes e são classificadas em específicas, nomeadamente leishmaniose, hanseníase, rinosporidiose, etc... ou inespecíficas: síndrome da discinesia ciliar ou Kartagener, síndrome de Young, fibrose cística entre outras.
As rinites virais agudas são diferenciadas de resfriado comum, causado mais frequentemente por um rinovírus, ou gripe provocada por um vírus do tipo influenza A, B ou C ou suas variantes. A transmissão ocorre pelo contato pessoal (perdigotos), sendo os sintomas muito semelhantes nos dois casos e incluem obstrução nasal e rinorréia de variável intensidade, consistência e coloração. Usualmente, o corrimento nasal é claro e seroso nos primeiros dias, podendo passar a muco-purulento por contaminação bacteriana inespecífica. Espirros são comuns, assim como cefaléia e dor de garganta. Febre e prostração são mais comuns nos casos de gripe.
Nestes casos, observa-se também com mais frequência a ocorrência de infecções associadas às vias aéreas superiores e inferiores (otites, sinusites, bronquites, etc...). O quadro costuma ceder em cerca de 7 a 10 dias, a não ser que ocorra infecção bacteriana secundária.
Esta condição trata-se com medicação analgésica e antitérmica, higiene nasal com solução salina, hidratação e repouso.
O uso de descongestionante nasal tópico em casos mais severos pode ser permitido desde que por tempo bem limitado (3 a 5 dias).


A rinite é uma inflamação e inchaço da mucosa do nariz, caracterizada por um corrimento nasal e congestão, e geralmente causada por um resfriado comum ou por uma alergia.
Resfriados e alergias são as causas mais comuns da rinite.
Os sintomas da rinite incluem um corrimento nasal, espirros e congestão.
Normalmente, o diagnóstico baseia-se nos sintomas.
As várias formas de rinite são tratadas de várias formas, usando por exemplo antibióticos, anti-histamínicos, cirurgia, injecções de dessensibilização e evitar produtos ou substancias  irritantes.
O nariz é a parte mais comumente infetada nas vias aéreas superiores. A rinite pode ser aguda ou crônica. Rinite aguda resulta frequentemente de infecções virais, mas também pode ser resultado de alergias, bactérias, ou outras causas. Geralmente, a rinite crônica ocorre com sinusite crônica.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL