Informação sobre rinite, causas, sintomas e tratamento da rinite alérgica sazonal ou perene, rinite infecciosa viral, bacteriana e outras


Classificação da rinite

O termo rinite implica que exista inflamação da mucosa de revestimento nasal. Contudo, do ponto de vista prático, fica muitas vezes dificil demonstrar esta inflamação local. Assim sendo, a definição e o diagnóstico das várias formas de rinite é, na maioria das vezes, clínico, baseado na história e no exame físico do paciente. Define-se as rinites como sendo uma inflamação da mucosa de revestimento nasal, com a presença de congestão nasal e/ou rinorréia e/ou espirros e/ou prurido nasal. A classificação segue na grande maioria das vezes o agente etiológico:

Alérgica
Sazonal ou Perene
Infecciosa
Aguda: viral ou bacteriana.
Crônica: específica ou inespecífica.

Outras ou não-alérgicas
Rinite eosinofílica não-alérgica (RENA).
Idiopática (antigamente denominada vasomotora).
Hormonal.
Induzida por droga.
Induzida por irritantes.
Alimentar.
Emocional.
Atrófica.
Por desuso.


As rinites infecciosas, apesar de serem não-alérgicas, são classificadas em um grupo separado, pois representam um grande número, senão a maioria dos casos.
É importante salientar que o diferencial da rinite alérgica de todas as outras formas de rinite é ser mediada por IgE.
Outras classificações englobam também um outro grupo de patologias de extrema importância no diagnóstico diferencial que são as alterações nasais estruturais. Estas freqüentemente estão presentes concomitantemente as rinites e, muitas vezes, dificultam o diagnóstico preciso e o tratamento apropriado dos pacientes.


Rinite alérgica

é comum e afeta por exemplo mais de 20% da população do Reino Unido.
A rinite alérgica é diagnosticada pela história do paciente e através de exames, e deve ser apoiada por testes de alergia específicos em que a identificação de disparadores específicos permitam evitar ou afetar a escolha do tratamento

Rinite não alérgica

A rinite não alérgica tem uma etiologia multifactorial, se for eosinofílica, geralmente responde ao tratamento com corticosteróides;
A rinite não alérgica pode ser uma queixa apresentada para doenças sistémicas como a granulomatose de Wegener, síndrome de Churg-Strauss e sarcoidose

Rinite infecciosa

A rinite infecciosa pode ser causada por vírus, e menos frequentemente por bactérias, fungos e protozoários
É frequentemente mais grave em pacientes alérgicos especialmente se ocorrer uma infecção no momento da exposição ao alérgeno
O tratamento que aborda apenas o problema agudo pode resultar em resolução incompleta da infecção ou numa recorrência mais tarde.
Uma vez que a mucosa do nariz e contínua, rinite deve ser chamada de rinossinusite


ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL